Arquivos da categoria: Outros

Sem categoria.

Orelha do livro “Introdução à Revolução Brasileira”, 1967

Orelha de livro “Introdução à Revolução Brasileira”, de Nelson Werneck Sodré

VIEIRA PINTO, Álvaro. (Orelha do livro). SODRÉ, Nelson Werneck. Introdução à Revolução Brasileira. 3ª edição. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1967.

Transcrição do texto completo:

A obra de Nelson Werneck Sodré destaca-se como uma das mais importantes realizações da nossa cultura. É construída com método e obedece a uma orientação. É um trabalho paulatino, que já agora avulta na linha do horizonte e permite prever o que será a edificação inteira, quando terminada.

A revolução Brasileira está se fazendo nesse momento em tôrno de nós, porém muita gente disso não se apercebe, principalmente porque não sabe em que ela consiste. Para entendê-la necessita-se, de fato, de amplo instrumental teórico representado por conceitos e noções gerais abrangendo todos os aspectos da nossa realidade. As idéias que configuram essa Revolução constituem justamente aquilo que Nelson Werneck Sodré expõe neste trabalho. Ninguém melhor do que êle tem condições e capacidade para nos ensinar a descobrir o significado de fatos que presenciamos. Nelson Werneck Sodré não é apenas um historiador que superou a atitude narrativa e que, servindo-se de um conhecimento vastíssimo, procura dar expressão sintética ao processo de nossa formação histórica, o que realia mediante a indicação das leis e valôres essenciais subjacentes às aparências dos acontecimentos. O Autor é, antes de tudo, um sociólogo e um pensador política utilizando uma concepção teórica que lhe orienta os julgamentos e ilumina os enunciados. O que dá à sua obra a força de unidade que nela encontramos é a estrutura metodológica.

No presente trabalho o Autor examina a evolução do Brasil nos setores social, econômico e cultural. São três sínteses magistrais que compõe a verdadeira teoria da sociedade brasileira, que certos sociólogos profissionais anunciam constantemente ir fazer mas que só na obra e Nelson Werneck Sodré está sendo atualmente levada a cabo. O livro trata, ademais, de três outras questões gerais: a questão racial; as origens do nacionalismo brasileiro e a definição de quem é o povo em nosso país.

Introdução à Revolução Brasileira é um livro que marca época no pensamento brasileiro e ficará como demonstração do grau de conhecimento de si atingido pela nossa consciência neste momento. Nêle encontram-se páginas que figuram entre os documentos mais importantes de que dispõe o nosso País para compreender a fase revolucionária que está vivendo as diversas etapas em que ela se desdobra; são páginas que contribuem para fundamentar as tarefas que se impõem nesse momento ao nosso povo e que as massas trabalhadoras e a intelectualidade precisam saber como levar a têrmo, a fim de atingir a plena libertação cultural e econômica de nossa Pátria.

Fotos:

Nota de pesar pelo falecimento de Marisa Urban (Mariza Siqueira Vieira Pinto)

Fotografia de Álvaro Vieira Pinto com Mariza Siqueira Vieira Pinto de Álvaro Vieira Pinto e Mariza Siqueira Vieira Pinto

Álvaro Vieira Pinto com Mariza Siqueira Vieira Pinto (autoria desconhecida, ~1939).

A Rede de Estudos Álvaro Vieira Pinto vem expressar seu pesar pelo falecimento de Marisa Urban (nascida Mariza Siqueira Vieira Pinto 19 de outubro de 1938, Aparecida – 8 de agosto de 2021, Rio de janeiro) aos 82 anos de idade.

Marisa atuou como modelo, atriz, cantora, jurada, tradutora, jornalista e apresentadora. Filha de Maria Rosa Siqueira Vieira Pinto e Arnaldo Borges Vieira Pinto, este último, irmão de Álvaro Borges Vieira Pinto, e assim, sobrinha de Álvaro Vieira Pinto, deixa irmão, filho, netos e bisneto.

Marisa teve contato próximo e carinhoso com o tio, e demonstrava interesse e preocupação com a obra deste, expressando o desejo de vê-la republicada e reconhecida. Marisa generosamente auxiliou pesquisadores e pesquisadoras da obra de Vieira Pinto, disponibilizando um de seus manuscritos para publicação, e sempre recebendo a comunidade com atenção e carinho.

Em nome da comunidade de pesquisa em torno da obra de Álvaro Vieira Pinto, prestamos homenagem à Sra. Marisa e expressamos nossos sentimentos e solidariedade à família.